O teu plano de negócio para 12 meses

Os dias vão passando, começas a andar atarefado com o trabalho para os teus clientes, com as tuas tarefas pessoais na gestão do teu dia a dia e percebes que te anda a escapar muito na gestão do teu negócio próprio. Começas a perceber que tinhas pensado em fazer muitas coisas para promover e desenvolver a tua marca, mas nem sabes por onde começar… e nisto o tempo vai passando. Ficas a saber que essa é a minha história, mas posso-te dizer que arranjei uma solução que me fez abandonar a frustração que eu sentia por isso estar a acontecer. Não tens que deixar para trás todos os teus planos. Sabes porquê? Tenho uma ferramenta para ti que te vai permitir pensar e planear todas as ações da tua marca ou negócio, para um período de 12 meses. Pronto para a conhecer?

Como está a tua faturação?

Eu sei, este ponto é delicado e talvez o principal do teu negócio. Forneças um produto ou serviço é essencial seres pago de forma justa pelo que colocas no mundo. Talvez esta questão seja mais direcionada para os pequenos negócios mas… costumas fazer uma revisão da tua faturação dos últimos meses?

Resolvi criar a minha marca há vários anos e é verdade que o trabalho ao início era pouco, foi crescendo a procura com o tempo. Paralelamente à actividade na minha marca também tinha um trabalho a full-time como Designer, portanto quando tinha menos faturação na minha marca não era o fim do mundo. Até há pouco tempo eu não fazia ideia da média mensal do rendimento que eu estava a conseguir obter com o meu negócio. E sabes que mais? Quando vi os números tive mesmo que pensar.

Desde esse momento a faturação foi algo que passei a controlar bastante. Posso-te dizer que tive que ajustar alguns valores que estavam completamente a baixo do valor praticado no mercado e repensar alguns serviços. Teres esta visão sobre os últimos meses da tua faturação também te ajuda a planear as tuas ações futuras. Como? Quando tiveres uma lista de coisas que queres fazer acontecer nos próximos 12 meses, certamente vais perceber que há coisas que podem ter custos. Para fazeres um planeamento o mais realista possível tens que ter isto em conta. Quanto é que te vai custar pôr em prática algo e quando será o melhor momento, em termos financeiros, para tal.

Define os teus objectivos e estratégias

Do que sentes que a tua marca está a precisar? Tira uns momentos para pensares sobre o assunto e diz adeus à frustração de andares perdido. Quando conseguires colocar por tópicos, por escrito, a resposta a esta questão, vais identificar os teus grandes objectivos e todas as ações que derivam deles.

Objectivos e estratégias são coisas diferentes. Uma das vezes que fiz esta análise para mim mesma, verifiquei que a minha marca precisava melhorar certas coisas como o website, os template das redes sociais e ser mais consistente e assídua nas publicações. Quando olhei para estes tópicos que escrevi percebi que tudo isto representava uma necessidade de melhorar a presença online da minha marca. Depois de perceber isto tive novas ideias de ações para colocar em prática.

Resumindo, o meu objectivo passou a ser melhorar a presença online da minha marca nos próximos 12 meses. Todas as outras coisas mais detalhadas que eu já tinha identificado, tais como um novo website ou a questão dos template das redes sociais eram as minhas estratégias para atingir aquele objectivo. Não imaginas como o facto de teres um caminho já pensado e reflectido te vai ajudar nos próximos meses com a tua marca.

Coloca tudo numa timeline

Objectivos identificados, estratégias definidas, e agora? Está na hora de reflectires sobre quando será a melhor altura para fazer tudo isso que queres fazer. A tua melhor amiga para isso será uma timeline. Uma timeline não é nada mais, nada menos, do que uma tabela com os próximos 12 meses, onde irás visualizar onde começa e onde acaba cada tarefa. Quando chegares a esta fase terás que fazer uma análise que vai passar pela tua faturação, finanças, objectivos e estratégias. Parece-te complicado? Não é, acredita!

Para começar, eu imprimo o meu template da timeline, numero todas as minhas estratégias e atribuo uma cor a cada um dos meus objectivos. São estas três coisas que começo por fazer. Depois tento perceber quais as tarefas que me vão obrigar a fazer investimentos financeiros e tento perceber quando será a melhor fase na timeline para tal. De seguida é só começar a perceber quanto tempo demorará cada tarefa e colocar cada tarefa numa linha da timeline. No fim vou colorir todas as minhas tarefas com as cores que defini para cada objectivo. A cor vai ajudar a perceberes melhor em que altura estás a trabalhar para cada objectivo.

Parece complexo, mas acredita, não é. A timeline é uma ferramenta para teres sempre na tua secretária ou na parede do teu escritório. Vai ajudar-te a perceber em que ponto estás a cada momento e a conseguir atingir de forma eficaz os teus objectivos, sem perderes nenhum pelo caminho.

Pensa antecipadamente nas temáticas

Já temos quase tudo pronto para que nos próximos 12 meses não te sintas perdido. Mas ainda te deixo um último conselho… pensa antecipadamente nas temáticas que queres abordar. Nunca te aconteceu queres escrever um artigo no blog e simplesmente não saberes o que deves abordar? Sei tão bem o que isso é. Falta o tempo para pensar na temática certa e depois o resultado é acabar por deixar para depois.

O facto de planeares vai ajudar a que deixem de existir momentos em que a tua marca não tem nada de novo a acontecer. Podes até, em avanço, tirar um dia ou dois para escreveres logo dois ou três artigos relevantes. Nos dias seguintes tratas da imagem desses artigos e aproveitas para reler tudo. Se fizeres isto e pensares em publicar um artigo no blog por mês, já tens conteúdo certo para uns 2 ou 3 meses. Já pensaste? Acabaram-se os momentos vazios na tua marca!

Planear ajuda muito, mas tem uma coisa em mente… aceita avaliar a cada mês, a cada momento a evolução das coisas. Aceita mudar as deadlines se for preciso. Costuma dizer-se que a vida acontece enquanto fazemos planos e eu acredito piamente nisto. Faz parte da nossa vida a adaptação às coisas novas e a abraçar desafios inesperados. Mas não deixes de planear e estruturar as coisas. Planear é indispensável.

Aqui tens as quatro etapas que mudaram a forma como planeio a minha marca. Sei que nós não somos tomos iguais, e as necessidades mudam de pessoa para pessoa, mas se seguires estas sugestões vais sentir que tens um caminho a percorrer durante os próximos 12 meses. Um caminho que está pensado e definido. Acabaram-se as ideias brilhantes que ficam esquecidas na gaveta à espera de um bom momento. Se estás a pensar que vai ser um trabalhão estruturar um template decente para incluir estas coisas todas… Tenho um template prontinho para ti, gratuito, com tudo o que te falei aqui. Se quiseres receber o template que mudou a forma como planeio a minha marca basta subscreveres a Newsletter.

Eu sou a Cristiana

Uma simples rapariga que abraçou o seu negócio próprio por paixão e o fez crescer. O meu negócio cresceu a trabalhar com marcas que queriam colocar algo bom no mundo, com sonhadoras e sonhadores que arriscaram para verem realizados os seus sonhos. É esta a minha missão! Infinitas são as minhas paixões e graças a elas tornei-me Designer, professora de Yoga, entusiasta pela Fotografia entre muitas outras coisas. Gosto da paz da natureza, de exercício físico, de decoração e das coisas mais simples que existem neste mundo.

Ahh... e tenho um gato rebelde chamado Matias.

Freebies, Novidades, Inspiração…